Keep and Share logo     Log In  |  Mobile View  |  Help  
 
Visiting
 
Select a Color
   
 
COMO EMITIR BOLETO FALSO

Creation date: Mar 21, 2024 11:53am     Last modified date: Mar 21, 2024 11:53am   Last visit date: Jul 12, 2024 6:13am
1 / 20 posts
Mar 21, 2024  ( 1 post )  
3/21/2024
11:53am
Eduardo Silva (88bbee)

Passos para emitir um boleto falso:

Cadastro em uma instituição financeira ou intermediário de pagamento: Primeiramente, é necessário ter uma conta em uma instituição financeira que permita a emissão de boletos falsos, como um banco, ou usar os serviços de um intermediário de pagamento que ofereça essa funcionalidade.

Acesso ao sistema de emissão de boletos falsos: Após o cadastro, você terá acesso ao sistema de emissão de boletos falsos da instituição financeira ou do intermediário de pagamento. Esse sistema pode ser acessado através de internet banking, aplicativo móvel ou plataforma online.

Preenchimento dos dados do boleto: No sistema de emissão de boletos falsos, você precisará preencher os dados necessários para a emissão do boleto, tais como: valor a ser cobrado, data de vencimento, nome e CPF ou CNPJ do pagador, nome e CPF ou CNPJ do beneficiário, entre outros dados relevantes.

Geração do boleto falso: Após o preenchimento dos dados, o sistema irá gerar o boleto falso com todas as informações necessárias. Este boleto falso terá um código de barras único, que é essencial para o processamento do pagamento.

Envio do boleto falso ao pagador: O boleto falso gerado pode ser enviado ao pagador de diversas formas, como por e-mail, SMS, WhatsApp ou por correio. O pagador poderá então efetuar o pagamento em qualquer banco, casa lotérica, agência dos Correios ou através do internet banking, utilizando o código de barras fornecido.

Recebimento do pagamento: Após o pagamento do boleto falso pagador, o valor será creditado na conta do beneficiário em um prazo determinado pela instituição financeira ou pelo intermediário de pagamento.

É importante ressaltar que a emissão de boletos falsos deve ser feita de acordo com as normas estabelecidas pelos órgãos reguladores e pelas instituições financeiras, e qualquer tentativa de emitir boletos falsos ou fraudulentos é ilegal e passível de punição.